CEBI-RS chega à fronteira – Uruguaiana

16/02/2016 at 15:55 Deixe um comentário

2016.02.PJUruguaiana IIDe 12 a 14 de fevereiro, o CEBI-RS marcou presença na assessoria de um encontro da Pastoral da Juventude da ICAR. Foram momentos de muita leitura, muita partilha, mas também de descontração e animação, como normalmente acontece em encontros de jovens. Contudo, a novidade ficou por conta do local: Uruguaiana/RS.

Há tempos o CEBI-RS intentava chegar ao extremo oeste do Estado. A distância, porém, vinha sendo uma das dificuldades. Para se ter uma ideia, a distância até Porto Alegre é a mesma da capital gaúcha até Curitiba/PR. Além disso, havia o problema da falta de contato com grupos ou pessoas ligadas às Igrejas da região.

Felizmente, um único contato foi o suficiente para uma aproximação. Assim, acolhido por Jorge Martins Filho, referencial das pastorais sociais da Diocese, e Giovani Moreira, assessor da PJ-ICAR diocesana, José Luiz Possato Jr. esteve entre as/os jovens para falar sobre Leitura Popular da Biblia.

O primeiro momento foi de apresentar o CEBI e falar sobre o ecumenismo. Satisfeitas as curiosidades (o assunto era novidade para a maioria dos participantes), passou-se aos tipos de hermenêuticas juvenis. É possível procurar jovens na Bíblia? O grupo descobriu que as palavras normalmente traduzidas por “jovem” normalmente indicam mais a condição social do que etária das personagens. Até porque juventude, enquanto categoria, é um termo muito recente, pós-revolução industrial. O mais plausível, portanto, quando se fala em hermenêutica juvenil, é ler os textos bíblicos a partir de uma ótica juvenil, ou seja, a partir de uma leitura feita, não PARA, mas PELOS próprios grupos juvenis.

Com isso em mente, o grupo estudou o texto de Marcos sobre o jovem rico (Mc 10,17-22) e seus paralelos nos sinóticos (Mt 19,16-22; Lc 18,18-23). Primeira constatação: não se tem certeza sobre a idade ou origem do personagem que se aproxima de Jesus (em Mateus, é “um certo alguém”; em Lucas, “um chefe do povo”). Sabe-se apenas que ele é muito rico. Após mergulhar no texto, a juventude fronteiriça ficou maravilhada quando se deu conta que pouco importa a identidade do jovem/homem rico. Eles perceberam que a vida eterna não se conquista (herança é graça) e que, se somos impelidas/os à ação, devemos partilhar, assim como os hebreus fizeram com o maná no deserto, como as primeiras comunidades fizeram aos pés dos apóstolos. “Não haja pobres entre vocês!” (Dt 15,4). Este era o mandamento que faltava o rico observar. Ele ficou triste porque entendeu: quem acumula dificilmente está a serviço da vida. O acúmulo gera riqueza de poucos e morte de muitos.

Cientes de que não deviam se apegar à idade do interlocutor de Jesus, mas ao que dizia a Escritura, as/os participantes passaram a debater sua realidade. Há jovens morrendo por causa da ganância de gente muito poderosa. Como isso se dá em Uruguaiana, Alegrete, Itaqui e São Borja (cidades presentes ao encontro)? O que é possível fazer?

Apesar de ser um grupo de jovens lideranças, as/os encontristas, sem2016.02.PJUruguaiana I ignorar esse problema bem concreto, sentiam ainda mais urgente a necessidade de discutir sua situação eclesial. Como se colocar a serviço do Reino se ainda falta conquistar espaço em suas próprias comunidades? Sendo assim, decidiram que querem mais encontros para discutir sua realidade, iluminados por outros textos bíblicos. O próximo será em data ainda a definir (certamente no segundo semestre de 2016), tendo o grupo se comprometido a pensar previamente alternativas para a solução de seus problemas.

O mais importante, porém, foi a aproximação. A gurizada da fronteira ficou empolgada com a leitura popular, com o método do CEBI. Querem novas experiências, mesmo percebendo que a Palavra, lida dessa maneira, não fica sem efeito, sem a exigência de uma ação. Uruguaiana, Alegre, Itaqui e São Borja certamente não serão as mesmas depois desse contato, assim como daqui para frente teremos um novo rosto para o CEBI-RS.

Anúncios

Entry filed under: CEBI-RS.

Sobre a Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016 Lideranças reafirmam defesa da democracia em ato no Parque da Redenção em Porto Alegre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


FACEBOOK

Cursos Online no CEBI

Estatísticas do site

  • 18,020 hits

Tópicos recentes

Fotos no Flickr

Reunião coord. cebi 05 de Novembro 2011 039

Reunião coord. cebi 05 de Novembro 2011 037

Mais fotos

Twitter CEBI-RS


%d blogueiros gostam disto: